Dudamel se diz intranquilo após classificação do Atlético-MG no sufoco: “Há muito a melhorar”.

Técnico afirmou que time não vem repetindo desempenho dos treinos nos jogos e indica: “Hoje não saio feliz, estou intranquilo e há muito trabalho para melhorar”

Foto Reprodução/ TV Globo

Por GloboEsporte.com — de Belo Horizonte.

O técnico Rafael Dudamel, há poucos dias, completou um mês de trabalho em campo no Atlético-MG e, até o momento, viu um rendimento nos treinamentos da Cidade do Galo bem diferente das atuações em campo, segundo o próprio. Esta avaliação aconteceu na noite desta quarta-feira, logo após o time conseguir a classificação na Copa do Brasil em um empate sufocante diante do Campinense, na Paraíba.

Melhores momentos de Campinense 0 x 0 Atlético-MG, pela Copa do Brasil

Melhores momentos de Campinense 0 x 0 Atlético-MG, pela Copa do Brasil

O placar em 0 a 0 favoreceu o Galo, no jogo único eliminatório na casa do adversário. Se o resultado trouxe a classificação esperada, a atuação ficou longe do aceitável. O comandante venezuelano externou alguns sentimentos diante do empate:

+ Outras notícias do Atlético-MG

“Vamos com o trabalho cumprido, mas um rendimento que nos deixa insatisfeitos. Iremos enfrentar as críticas”

Segundo o treinador do Atlético, a preocupação seria maior ainda se os treinamentos no CT não rendesse. As atividades, que costumam ser feitas em boa parte “fechadas” para os olhos da imprensa, são bem cotadas por Dudamel. Agora, ele quer conversar com os atletas, entender e ouvir opiniões para encontrar soluções no início de trabalho que apresenta obstáculos.

– Hoje jogamos uma partida longe de uma boa forma. É um momento onde entendemos que existirá muitas críticas porque a equipe não funcionou bem. Mas, bem, temos que trabalhar e encontrar resposta. O que tenho em mente é continuar com muito trabalho. Tenho que conversar com os jogadores. Porque há um rendimento maior nos treinos e estão com dificuldade de fazer nos jogos o que fazemos nos treinos. São situações difíceis. Fomos com a classificação sem jogar bem, longe do rendimento ideal – afirmou.

+ Réver avalia que atuação do Atlético-MG é preocupante e cobra: “Temos que nos doar mais”
+ Atlético-MG oficializa retorno de Diego Tardelli

O lado positivo, observado por Rafael Dudamel, é que os próprios jogadores sabem que precisam render mais. O Galo, até o momento, fez sete partidas, com três vitórias, três empates e a derrota para o Unión da Argentina na Sul-Americana.

– Há situações básicas que o jogador tem que ter capacidade para resolver, e não estamos conseguindo. São muitos aspectos para melhorar. Mas quando olho para os atletas, vejo consciência de necessidade de melhora.

“Hoje não saio feliz, estou intranquilo e há muito trabalho para melhorar. Mas o mais importante é que temos bons jogadores e há consciência em crescer.”

Fonte futebol da Galera.

Digiqole ad

Samuel Moreira da Silva

http://www.kadaesportes.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *