Atlético de Madrid vira na prorrogação e elimina o atual campeão Liverpool em Anfield.

Em mais uma noite épica de Liga dos Campeões, colchoneros contam com dois gols de Llorente e um de Morata, que saíram do banco, para derrotar os Reds de Wijnaldum e Firmino.

Fonte: Globoesportes.com.

Anfield está acostumado com noites históricas de Liga dos Campeões, mas desta vez não imaginava que o desfecho seria tão doloroso. O Liverpool venceu o tempo normal, fez o segundo gol logo no início da prorrogação, mas permitiu a virada de um Atlético de Madrid valente como também nos familiarizamos na era Simeone. A vitória por 3 a 2, com a estrela de Llorente, que deixou o banco para marcar duas vezes, põe os colchoneros nas quartas de final e tira os atuais campeões de maneira precoce do principal torneio do continente.

O JOGO

O futebol é incrível por permitir que um time que finalize 35 vezes seja eliminado por um que tentou 10 (convenhamos, nós provavelmente já testemunhamos números mais impressionantes na história). Ainda assim, é seguro dizer que o Liverpool foi o melhor time em campo – e o resultado ter mostrado que nunca se tratou de merecimento. Wijnaldum abriu o placar aos 43 do primeiro tempo numa bonita cabeçada e igualou o jogo de ida. Na prorrogação, Firmino ampliou aos quatro, mas Llorente, duas vezes (bastaria só uma por conta do gol fora), surpreendeu os Reds – com direito a falha clamorosa de Adrián no primeiro. O volante ex-Real Madrid ainda deu a assistência para Morata fechar o caixão nos acréscimos do segundo tempo.

O MELHOR EM CAMPO

Oblak foi o que Alisson poderia ter sido. O goleiro esloveno fez incríveis 10 defesas ao longo dos 120 minutos, algumas delas de nível elevadíssimo de dificuldade, e certamente foi determinante para a classificação do Atlético. Não à toa acabou eleito o melhor em campo após a partida pela Uefa. Enquanto isso, Alisson viu Adrián falhar no primeiro gol ao errar a saída de bola e aceitar o chute de longe de Llorente. O brasileiro será desfalque no mínimo até o fim da data Fifa.

“RARIDADE RARA”

Contabilizando apenas confrontos de ida e volta, esta é a primeira vez que o Liverpool de Klopp é eliminado de uma competição europeia depois de ter superado os últimos 10 (foi vice da Liga Europa, vice e campeão da Champions). A saída do torneio abre o caminho para assegurar o título inédito da Premier League, mas também deixa um gostinho de que a temporada não será tão histórica quanto parecia.

O LANCE CHAVE.

Aconteceu aos seis minutos do primeiro tempo da prorrogação. O Liverpool vivia a euforia do segundo gol, de Firmino, mas Adrián colocou tudo a perder quando errou clamorosamente no chutão, dando a bola nos pés de João Félix. O português a entregou para Llorente, que bateu colocado da entrada da área. Novamente o espanhol deixou a desejar e saltou atrasado.

SORTEIO NAS QUARTAS

Se todos os jogos forem disputados e a Uefa mantiver o seu calendário, o sorteio das quartas de final acontecerá no próximo dia 20 de março, sexta-feira. Até o momento não há nenhum campeão entre os classificados: Atalanta (Itália), Valencia (Espanha), PSG (França) e, claro, o Atlético (Espanha). Veja aqui os confrontos.

Assista os melhores momentos de Atlético de Madri 3 x 2 Liverpool.

Fonte : Ligados no Futebol.


Digiqole ad

Samuel Moreira da Silva

http://www.kadaesportes.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *