Seleção Feminina: Kathellen celebra novo momento na carreira na Inter de Milão.

Treino da Seleção Feminina Principal Portimão (Portugal)
Créditos: Laura Zago/CBF

Depois de duas temporadas e meia atuando no Campeonato Francês, zagueira conta como está a adaptação ao estilo de jogo italiano

Fonte: Confederação Brasileira de Futebol.

Kathellen está de volta à Seleção Feminina. Na primeira convocação com a técnica Pia Sundhage, neste ano, a zagueira celebra um novo momento na carreira. De clube novo e liga nova, agora na Internazionale de Milão, a atleta de 24 anos destaca as novas oportunidades no futebol e comemora o retorno à equipe nacional.

“Está sendo maravilhoso. É sempre bom estar aqui com a Pia, é um aprendizado enorme, então me motiva mais até porque ano que vem tem a Olimpíada. Por isso, é sempre bom estar com o grupo”, conta.

Neste ano, Kathellen não esteve na lista de convocadas para o Torneio Internacional da França, em março deste ano. Com a pandemia de Covid-19, o tempo longe da Seleção Feminina ficou ainda maior. Apesar dos encontros semanais por videoconferência com a comissão técnica, estar de volta, é sinônimo de alegria. 

“É sempre bom, porque com a pausa da pandemia os treinos foram diferentes, eram individuais no clube. Há também uma diferença em relação à Seleção, aqui é mais intenso, por isso, estar aqui com esse novo grupo é um aprendizado enorme”, destaca.

Seleção Feminina Principal faz treino em Portimão (POR) - KathellenSeleção Feminina Principal faz treino em Portimão (POR) – Kathellen
Créditos: Laura Zago/CBF

Depois de duas temporadas e meia atuando no futebol francês, Kathellen conta que ainda está se adaptando ao estilo italiano. Segundo ela, há uma obediência tática maior. Além disso, a zagueira destaca as condições oferecidas pela Inter de Milão. 

“Está sendo diferente porque o estilo de jogo da Itália para a França é bem diferente. No futebol italiano, há uma obediência tática maior, já na França, eu sentia uma exigência física grande. Sobre a Inter, é de fato um clube grande, com uma história enorme por trás. Temos a mesma estrutura que o masculino, além disso, os dirigentes têm uma responsabilidade muito grande com as atletas e nos auxiliam em tudo”, conclui.

Durante os treinamentos em Portimão, Portugal, Kathellen adquiriu um novo adereço: a máscara de proteção no rosto. Durante o treinamento na Inter de Milão, em uma dividida de bola com uma colega de clube, a zagueira acabou quebrando o nariz. Apesar do trauma, ela garante que está tudo bem.

“No início de outubro, eu quebrei o nariz um dia antes de um jogo. Não chegou a deslocar o nariz e não precisei de cirurgia, por isso estou usando a máscara para proteger porque continua quebrado, mas está no lugar (risos)”, conta. 

A concentração da Seleção Feminina está sendo realizada no Hotel Penina, em Portimão, e se estenderá até o dia 27 de outubro, período de Data FIFA. Por conta do protocolo estabelecido pela Comissão Médica Especial da CBF, não haverá cobertura presencial da imprensa nos treinamentos – A CBF TV disponibilizará diariamente imagens das atividades da equipe e entrevistas com as jogadoras. 

Digiqole ad

Samuel Moreira da Silva

http://www.kadaesportes.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *