UFC 261: Bate-Estaca sonha com título de nova categoria: “Vou colocar meu nome na história”.

Jéssica Bate-Estaca venceu uma luta nos moscas, contra Katlyn Chookagian, e garantiu a vaga de desafiante — Foto: Getty Images

Paranaense, que já foi campeã do peso-palha, poderá se tornar dona do cinturão dos moscas. Até hoje, no feminino, apenas Amanda Nunes reinou em duas divisões do UFC

Por Evelyn Rodrigues — Jacksonville (EUA).

éssica Bate-Estaca poderá se tornar, neste sábado, contra Valentina Shevchenko, no UFC 261, na Flórida (EUA), a segunda lutadora do Ultimate a ter se tornado campeã de duas categorias. A brasileira – que é ex-detentora do cinturão dos palhas – tentará destronar a atual dona do título do peso-mosca, igualando Amanda Nunes, autora de um feito ainda maior, pois reina em duas divisõe simultaneamente.

– Vai ser muito bom, mais uma vez, vou colocar meu nome na história. Fui a primeira brasileira a pisar no octógono. A Amanda já era contratada, mas eu fui a primeira a lutar. Depois a Amanda foi a primeira brasileira a vencer no UFC. Eu estou aqui de novo, com essa oportunidade de chegar perto da Amanda. Ela é um ícone, um exemplo para o esporte, para o MMA e para todas as mulheres que sonham com isso. Por que não ter essa glória de ter dois cinturões também? O outro título eu perdi, mas não deixa de ser campeã de duas categorias. Espero fazer parte dessa estatística (risos) – contou ao Combate..

Caso conquiste o cinturão contra Shevchenko, que perdeu pela última vez em 2017, para Amanda Nunes, Bate-Estaca garante que a fama não subirá à cabeça. A atleta da Paraná Vale-Tudo assegura que um novo cinturão não tirar sua simplicidade.

– A Jéssica campeã dos moscas vai ser a mesma de sempre, alegre, feliz, que conversa com todo mundo. Eu não sou uma pessoa metida. Quando me tornei campeã, continuei acessível. Quero continuar sendo essa Jéssica, que todo mundo possa conversar, brincar, se divertir, encostar no cinturão. Serei a Jéssica que dá exemplo e que mostra que ser campeão não é ser melhor do que ninguém, é ser você mesmo.

Serviço do UFC 261

Combate transmite o UFC 261 ao vivo e com exclusividade neste sábado a partir das 18h55 (horário de Brasília). O SporTV 3 e o Combate.com mostram o “Aquecimento Combate” e as duas primeiras lutas ao vivo no mesmo horário; o site acompanha todo o evento em Tempo Real.

UFC 261
24 de abril de 2021, em Jacksonville (EUA)
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Jorge Masvidal
Peso-palha: Weili Zhang x Rose Namajunas
Peso-mosca: Valentina Shevchenko x Jéssica Bate-Estaca
Peso-médio: Uriah Hall x Chris Weidman
Peso-meio-pesado: Anthony Smith x Jimmy Crute

CARD PRELIMINAR (19h15, horário de Brasília):
Peso-meio-médio: Alex Cowboy x Randy Brown
Peso-médio: Karl Roberson x Brendan Allen
Peso-meio-médio: Dwight Grant x Stefan Sekulic
Peso-galo: Danaa Batgerel x Kevin Natividad
Peso-mosca: Aori Qileng x Jeff Molina
Peso-leve: Rodrigo Vargas x Rong Zhu
Peso-palha: Ariane Sorriso x Na Liang
Peso-leve: Tristan Connelly x Pat Sabatinih

FONTE: UFC – Ultimate Fighting ChampionshipUFC –

Digiqole ad

Samuel Moreira da Silva

http://www.kadaesportes.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *